"Uma viagem Triste" texto de Marcelo Botura Souza | Informativo Cidade Nova Informa - CNI e Biblioteca Comunitária - CNI - Oficinas CNI

"Uma viagem Triste" texto de Marcelo Botura Souza




"Faço uma singela homenagem ao meu saudoso avô Alcebíades Botura com o texto uma Viagem Triste"

UMA VIAGEM TRISTE

Telefone toca, angustiado, atendo:
— alô quem é?
— É a tia, Marcelo. O vovô morreu! Fico trêmulo, sem reação e a tia continua:
— Avisa a sua mãe. Ligo para mamãe e o papai atende:
— Quem fala?
— Sou eu, Marcelo! O pai diz:
— Fala meu filho! Com a voz trêmula digo:
— Pai, o vovô morreu. Silêncio absoluto.
Minhas irmãs dormiam e eu descontrolado, apreensivo pela fatalidade de não ter mais o vovô. Mas sabia, que, teríamos de fazer uma viagem, não planejada, ingrata! Então disse:
— Acorda meninas, vamos viajar! Arrumem-se! Thais pergunta:
— O que aconteceu manão? Respondi quase sem voz:
— O vovô morreu! Silêncio total.
Chegam papai e mamãe. Mamãe se debulhava em lagrimas e suas vestes eram tão tristes quanto seu semblante. Enfim, chegamos em Oroite, distrito de Iporã, no Paraná. Todos estavam muito tristes, pois fora embora para sempre aquele que todos amavam. Saudades para o resto de minha vida.