Fernando Teruho Kawaji Intervenção Urbana na Cidade Nova - Elaboração do Projeto Mobiliário Interior da Biblioteca Comunitária - CNI. | Informativo Cidade Nova Informa - CNI e Biblioteca Comunitária - CNI - Oficinas CNI

Fernando Teruho Kawaji Intervenção Urbana na Cidade Nova - Elaboração do Projeto Mobiliário Interior da Biblioteca Comunitária - CNI.

O Projeto de Intervenção Urbana na Cidade Nova - Elaboração do Projeto Mobiliário Interior da Biblioteca CNI foi um projeto de extensão desenvolvido em parceria com a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) e o Programa de Bolsa de Desenvolvimento Institucional e Envolvimento Comunitário (PROBIEC), supervisionado pela Professora Doutora Arquiteta e Urbanista Andréia da Silva Moassab, visando contribuir à comunidade da Cidade Nova no desenvolvimento de mobiliário interno e geral da Biblioteca Comunitária CNI, para que se faça um plano de projeto e sua execução em conjunto com a comunidade. Beneficiando-os principalmente com o apoio técnico no desenvolvimento da biblioteca e com o ensino de técnicas simples, sustentáveis e econômicas (aplicadas na oficina do tijolo solo-cimento) que possam ser posteriormente utilizadas no decorrer de suas vidas.

A sua metedologia busca um Projeto participativo (projeto desenvolvido em conjunto pelos bolsistas do PROBIEC, docentes da UNILA, colaboradores e a Comunidade CNI, buscando uma visão múltipla dos problemas a serem trabalhados, a partir de diversas alternativas que representam caminhos possíveis para alcançar os resultados desejados), onde a comunidade possa aprender junta no processo de desenvolvimento e execução do Anteprojeto de Layout Interno para a Biblioteca Comunitária CNI e da Oficina de Tijolo Solo-Cimento.

Resumo das atividades exercidas.      Visualizar  documento em PDF

Inicialmente, o Projeto para o Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI foi direcionado ao levantamento bibliográfico e ao acúmulo de conhecimentos e fontes de pesquisa que serviram de base para o andamento do projeto, dando o suporte teórico necessário para a elaboração dos pré-projetos e anteprojetos de mobiliário interno e layout criados a partir de então.

Em Janeiro foram elaborados os primeiros esboços e pré-projetos para o mobiliário interno da Biblioteca Comunitária CNI (com base nas leituras, levantamentos e análises feitas anteriormente). Mas estes primeiros esboços (denominados pré-projeto 1) tiveram de ser reelaborados, após conversas voltadas ao conforto ambiental, com a Professora Doutora Solange Maria Leder (UFPB). Assim, foi desenvolvido o pré-projeto de mobiliário interno 2.

No mês de Fevereiro, a proposta do Projeto de Intervenção Urbana na Biblioteca Comunitária CNI (Mobiliário Interno) passou a apontar novos rumos, direcionados à realização de oficinas práticas na comunidade CNI. Isso sem deixar o mobiliário interno de lado, ainda que este também tenha indicado novas direções, pois, o andamento do projeto mostrou algumas restrições (orçamentárias, de conhecimento projetivo, de mão de obra especializada, de previsão para a chegada de novos móveis) que não haviam sido previstas. 

Após a mudança de rumo do Projeto de Mobiliário Interno ocorrida em Fevereiro, no mês de Março foi concebido um anteprojeto que considerou: 1 - o mobiliário já existente na biblioteca; 2- o mobiliário que certamente chegará na biblioteca; 3 - e as futuras doações de materiais, já dadas como certas. Assim, foi considerado todo um conjunto de variáveis (incertezas, restrições orçamentárias) antes não levadas em conta, por isso este pré-projeto (pré-projeto de mobiliário interno 3) passou a ser chamado Anteprojeto de Layout da Biblioteca Comunitária CNI. Lembrando que, no Anteprojeto, houve uma maior participação da comunidade CNI em seu desenvolvimento. 

O mês de Abril começou com a Oficina do Tijolo de Solo-Cimento (planejada e pensada desde Fevereiro), com a coordenação da Professora Arquiteta Ana Paula do Val, a participação da comunidade CNI e dos alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNILA. Além disso, foi iniciada na biblioteca a execução do Anteprojeto de layout concebido no mês de Março, mas, durante o trabalho, foi constatado a presença de muitos móveis novos (estantes, carteiras, cadeiras, mesas), e então, a execução do Anteprojeto teve de ser interrompida para a sua reelaboração, surgindo assim o Anteprojeto de Layout 2, executado somente a partir do mês de Maio.

Fotos e imagens do Projeto de Intervenção Urbana na Cidade Nova - Elaboração do Projeto Mobiliário Interior da Biblioteca CNI:

Desenvolvimento do Anteprojeto de Layout Interno da Biblioteca CNI: 
Planta geral e corte técnico da biblioteca CNI (21/11/2012)
Planta geral e corte técnico da biblioteca CNI revisado (22/11/2012).
Planta geral do terreno ao redor da Biblioteca Comunitária CNI, da área ocupada por todos os edifícios dentro desse terreno e de suas respectivas disposições no mesmo (10/12/2013).
Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 1 (08/01/2013)
Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 2 (27/01/2013).
Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 3 em andamento (19/03/2013).
Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 3 em andamento (21/03/2013).
Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 3: Anteprojeto de Layout Interno da Biblioteca Comunitária CNI (23/03/2013).
Verificação das diferenças entre o mobiliário previsto no Anteprojeto de Layout Interno da Biblioteca Comunitária CNI 1 e o previsto, posteriormente, no Anteprojeto de Layout Interno 2 (26/04/2013).
Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 4: Anteprojeto de Layout Interno da Biblioteca Comunitária CNI 2 em andamento (30/04/2013).
Última etapa do processo projetual:

Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 4: Anteprojeto de Layout Interno da Biblioteca Comunitária CNI 2 (02/05/2013).

Oficina do Tijolo Solo-Cimento (06/04/2013):

Vídeo do Tijolo Solo Cimento








Sendo parte integrante da disciplina de Tópicos Especiais em Arquitetura e Urbanismo (curso de Arquitetura e Urbanismo, UNILA – 2012), a oficina do tijolo solo-cimento foi realizada com o suporte dos bolsistas do PROBIEC voltados ao Projeto de Intervenção Urbana na Cidade Nova, e teve como um dos objetivos a interação UNILA-Comunidade CNI, com a participação da comunidade, que pôde aprender a fazer seus próprios tijolos (fáceis de fazer, eficientes e econômicos). Assim, o processo de aprendizado e integração foi mais importante do que o resultado físico da oficina (os tijolos).

Anteprojeto de Layout Interno para a Biblioteca Comunitária CNI.
Pré-Projeto de Mobiliário Interno da Biblioteca Comunitária CNI 4: Anteprojeto de Layout Interno da Biblioteca Comunitária CNI 2 (02/05/2013).
A: armário fechado de ferro
B: estante de ferro
C: estante de madeira
D: estante de madeira
E: estante de madeira 
F: estante de ferro
G: estante de ferro 
H: estante de ferro
I: estante de ferro e madeira 
J: mesa em L
K: mesa de duas tábuas
L: mesa amarela nova
M: mesa cinza
N: escrivaninha de madeira
O: escrivaninha de madeira 
P: 41 carteiras
R: bebedouro

Tijolos Solo-Cimento quebrados
Tijolos Solo-Cimento quebrados
Tijolos Solo-Cimento inteiros

Tijolos Solo-Cimento inteiros
Tijolos Solo-Cimento inteiros
Conclusão

Ao longo dos últimos meses, o “Projeto de Intervenção Urbana na Cidade Nova - Elaboração do Projeto Mobiliário Interior da Biblioteca CNI” passou por diversas etapas e redirecionamentos, até chegar ao atual estágio.



Após o desenvolvimento de alguns pré-projetos de mobiliário interno, no mês de Fevereiro, este Projeto de Intervenção Urbana passou a seguir novos rumos, que foram essenciais para redirecioná-lo. Dessa forma, os Pré-Projetos e/ou Anteprojetos seguintes passaram a considerar somente o mobiliário já existente na biblioteca, o mobiliário que certamente viria a ser doadas e as futuras doações de materiais, dadas como certas. Assim, os Anteprojetos concebidos a partir de então passaram a ter um caráter mais exequível, levando em conta futuras modificações no mobiliário da biblioteca, ou seja, esses Anteprojetos podem ser facilmente adaptados e modificados conforme a vinda de novos móveis. Portanto, é importante ressaltar que, o último Anteprojeto presente neste relatório não é um projeto de mobiliário interno final e, muito menos, acabado.



A Oficina de Solo-Cimento não estava prevista no cronograma inicial desde projeto, mas atende à sua proposta no que diz respeito a ensinar técnicas construtivas simples e baratas à comunidade local. Logo, mais do que o resultado físico da oficina (os tijolos de solo-cimento) é importante ressaltar o aprendizado que a comunidade da Cidade Nova teve na prática, fabricando seus próprios tijolos.

Tanto a Oficina de Tijolo Solo-Cimento quanto os Anteprojetos de Layouts Interno da Biblioteca visaram o “Projeto Participativo”, onde os alunos da turma de Arquitetura e Urbanismo UNILA-2012 e a comunidade trabalharam e aprenderam juntos. No caso dos Anteprojetos, a participação comunitária foi essencial e constante, tanto no seu processo projetual quanto no de execução.

Por fim, ainda que tenha acabado os vínculos do projeto com o PROBIEC, as responsabilidades em relação à comunidade da Cidade Nova não acabaram, pois, ao longo de todo esse processo de aprendizagem, foram criados laços afetivos, vínculos de amizade, confiança, parceria e companheirismo com os novos amigos que lá fiz. Logo, o trabalho em prol da comunidade e da biblioteca vai continuar, a parte dos motivos institucionais. Isso se dará com a continuidade do desenvolvimento dos Anteprojetos de Layout Interno, através do Work in Process (trabalho feito continuamente, que se altera e ganha novos sentidos a cada momento, adaptando-se às novas necessidades, que surgem com o passar do tempo), ou seja, uma vez executado o Anteprojeto de Layout Interno 2, serão feitas apenas modificações simples, que vão se adaptar continuamente à chegada de novos móveis, e então estarei presente no desenvolvimento desses novos Anteprojetos, pois, esse é o meu compromisso com a Cidade Nova. 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS



Discente do curso de Arquitetura e Urbanismo 2012
 pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)