O que é CNI - Cidade Nova Informa? | Informativo Cidade Nova Informa - CNI e Biblioteca Comunitária - CNI - Oficinas CNI

O que é CNI - Cidade Nova Informa?

Lembro que no dia 12 de novembro de 2011 os moradores se reuniram no pátio da Capela São Gabriel Arcanjo com a intenção de criar um informativo que fosse o diferencial do bairro Cidade Nova, pois naquele tempo encontrava-se em caos total. Na época contou com cerca de 30 pessoas que discutiram novas soluções para melhorar “as grandes feridas” como: Escolas e creches lotadas, posto de saúde sem médicos, ruas com lixos e matos gigantescos, bueiros entupidos e sem tampas. - Viche!!! um problemão em cima d'outro. 


Desta forma, surgiu o CNI – Cidade Nova Informa - com o slogam “O Povo em Ação” tendo o foco em “levar mais informação pro bairro e ser um veículo de comunicação entre os moradores” sendo que o informativo “trabalhará divulgando eventos, os artistas da comunidade, críticas, opiniões, sugestões, conscientização, classificados”.


Após tudo isso os membros do CNI viu que não adiantava só as criticas “Temos que agir fazendo algo concreto. Sim, temos que escrever, tem que criticar, entretanto há ação concreta, ela se mistura. Fazendo assim um fator de construção sólida e eficaz”. Assim sendo, o norte da frase vem-se concretizar no dia 23 de setembro 2012, com a inauguração da Biblioteca Comunitária CNI, tendo a presença dos moradores e amigos do bairro, a instituição da UNILA e do cantor GOG lançando o seu livro “A Rima Denuncia”.



Atualmente nas dependências da biblioteca se encontra em todo o vapor com vários livros e internet para pesquisa. Além de vários projetos como aulas de violão, oficinas que os alunos da UNILA ofertam, além de contar com parceria da Casa do Teatro. 

PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO CNI 
* Desenvolver ações de promoção de cidadania, e controle social contemplado a população em geral e segmentadas de risco acrescido e vulnerabilidade;
* Utilizar a informação como meio de educação e promoção prevenção através da elaboração de materiais educativo e institucional;
* Promover ações de intervenção comportamental, por meio de projetos e ou ações estratégicas, objetivando a indução à mudança de comportamento e práticas na resolutividade e efetividade de qualidade de vida do cidadão;
* Estabelecer, manter e fortalecer parcerias com instituições governamentais e não governamentais, buscando resolutividade nas ações propostas e afins;
* Promover ações de fortalecimento da instituição visando a sustentabilidade técnica e financeira de suas ações;
* Defender os interesses coletivos ou individuais das pessoas para que tenham amplos Direitos Humanos;
* Colaborar com os demais organismos, governamentais ou não, engajados na luta em defesa dos direitos e garantias fundamentais que possibilitem a redução das desigualdades sociais, preconceito e discriminação;
Por Marcelo Botura Souza