O que é Mioma? Vamos falar um pouco de saúde da mulher na idade acima de 40 a 50 anos | Informativo Cidade Nova Informa - CNI e Biblioteca Comunitária - CNI - Oficinas CNI

O que é Mioma? Vamos falar um pouco de saúde da mulher na idade acima de 40 a 50 anos

OLA,  PESSOAL!

Hoje vamos falar um pouco de saúde da mulher na idade acima de 40 a 50 anos, onde a incidência e maior, quem já não ouviu alguma mulher falar em MIOMA., Então vamos dar uma pincelada sobe o assunto,e um vasto leque, e a  cada dia de nosso encontro, vamos falando mais , dando dicas e  orientações  qualquer duvida que você tenha, deixe sua pergunta que dentro dos meus conhecimentos  lhes  responderei. Um grande abraço muita  paz  e  luz   a todos.



                                                              MIOMA
O QUE É?
-Um tumor benigno,  composto essencialmente de músculo uterino. A designação correta é:
-Leiomioma (leio=liso + mio= músculo + oma = tumor benigno

-Leiomioma pode ocorrer em qualquer órgão que tenha musculatura lisa como o intestino, vasos sangüíneos, etc...

` Devido à grande incidência desse tipo de tumor no útero, popularizou-se mioma como sinônimo de leiomioma uterino.
` A idade de maior incidência dos miomas situa-se entre a 4º e 5º décadas de vida e estima-se que 40% das mulheres com mais de 50 anos tenham essa patologia.
` Não existe registro dessa enfermidade antes da primeira menstruação e incide 3 a 9 vezes mais na raça negra.

                                          Tipos de miomas e suas conseqüências.

Existem três tipos de miomas: sub-mucosos, intra-murais e sub-serosos.

` O mioma sub-mucoso cresce sobre o endométrio ( camada mucosa que reveste internamente o útero) e é responsáveis muitas vezes por menstruações volumosas e prolongadas, infertilidade, dor e abortamento.
` O Mioma intra-mural aquele que fica no meio da parede uterina e, dependendo do seu tamanho, pode causar dor, infertilidade, abortamento e sangramento aumentado durante a menstruação
` O Mioma sub-seroso tem o crescimento fora do útero ( a membrana serosa é o peritônio que reveste externamente o útero). Esse mioma não costuma dar sintomas a não ser quando, pelo seu tamanho, provoque dor pela compressão de órgãos vizinhos.
` Miomas de longa evolução podem sofrer degeneração com a formação de material gelatinoso ou de cistos no seu interior, devido à falta de irrigação sangüínea. Alguns focos de calcificação podem surgir e são relativamente freqüentes os miomas calcificados na menopausa.
 A malignização (leiomiossarcoma) de um mioma é rara e está estimada em 0,1 a 0,6% dos casos.

                                                                   Causas

` As causas do mioma são desconhecidas, mas sabe-se da sua vinculação com o hormônio ovariano estrogênio.
` Não ocorre antes da primeira menstruação (ainda não houve produção de estrogênio), tende a diminuir com a menopausa (diminuição ou ausência de estrogênio), aumenta muito durante a gestação (aumento do estrogênio), tende a aumentar quando a mulher entra em menopausa e faz reposição hormonal.
Fica a dica
Vamos procurar seu medico na UBS mais próxima de sua casa, para  fazer exames de rotinas  assim evitando desagradáveis  situações, um simples exame faz a diferença....
Um grande abraço a todas MULHERES  que assim como eu, faço parte desta etapa de nossas vidas e vamos viver com  qualidade nossa  melhor idade. ATÉ  PRÓXIMA.....
Enfermeira  Maria do Carmo L.P. Dias

CORENº 164.843