NESSE SABADO TEM TRIBUTO AO SABOTAGE NO CIDADE NOVA | Informativo Cidade Nova Informa - CNI e Biblioteca Comunitária - CNI - Oficinas CNI

NESSE SABADO TEM TRIBUTO AO SABOTAGE NO CIDADE NOVA


Sabotage é o nome artístico de Mauro Mateus dos Santos, ou ‘Maurinho’, como era chamado desde a infância. Nascido no dia 03 de abril de 1973 e morto brutalmente a tiros no dia 24 de janeiro de 2003, Sabotage se transformou num ícone do Rap Nacional. Passou sua vida entre a Favela do Canão e Boqueirão, na zona sul de SP. A Favela do Canão era uma pequena favelinha, sufocada pela especulação imobiliária e obras da prefeitura, mas que cantada nas tantas músicas de Sabotage se tornou gigantesca. A vida de Maurinho nos lembra grandes nomes do hip-hop gringo, como Tupac Shakur e Notorius BIG, que saíram do mundo do crime para o mundo do Rap e que também morreram assassinados ainda muito jovens.
                Em vida, Sabotage gravou um único cd, no ano de 2001. Rap é Compromisso, título de um dos melhores álbuns de rap lançados no Brasil, é título de uma de suas músicas mais conhecidas, que o rapper afirmou ter escrito na década de 80. O mano ficou conhecido ainda por ser um dos primeiros rappers brasileiros a ir para o cinema, participando dos filmes Carandirú e O Invasor, do qual contribuiu também com a trilha sonora, ganhadora de vários prêmios. As músicas de Sabotage abordavam temas diversos, com uma crítica social muito forte e sempre trazendo na pauta a cultura negra. Foi mais uma das vozes negras que não se calaram e enfrentaram o racismo e o preconceito nesse Brasil segregacionista.
                Nesse ano que completa 10 anos de sua morte, vários tributos e homenagens foram organizados pelo Brasil a fora. Foram lançados ainda um documentário “Sabotage Nós” e uma biografia escrita por Toni C. Em Foz do Iguaçu, será o quarto tributo ao Sabotage já organizado, e o segundo no Cidade Nova. O primeiro, data do ano de 2004, no antigo bar underground Taberna, no centro de Foz, local que já abrigou vários eventos de Hip-Hop.
                O evento desse sábado é organizado pela Família Zona Norte, coletivo de Hip-Hop criado esse ano no Cidade Nova. O cronograma de atividades vai dos quatro elementos do hip-hop: Break, Grafite, Djs e Mcs, à exibição do documentário Sabotage Nós. Outra atividade é o ‘Sarau Poesia Preta’ em homenagem ao Sabotage e ao mês da Consciência Negra. Na ‘Barraca do Sabota’, os grupos de rap da cidade poderão deixar seus produtos à venda e também material de divulgação para serem distribuídos. Outra novidade é o ‘Favela na Tela’, onde a galera pode trazer seus vídeos para serem projetados durante a atividade. O evento contará ainda com apresentação de malabares com ‘Circodélico’, formado por artistas de rua da Argentina e Chile.
                As pessoas que comparecerem no evento estarão concorrendo a um livro da Biografia Oficial do Sabotage.

Data: 30 de Novembro (Sabado)
Horário: 19 horas
Ingresso: na faxa
Local: Cidade Nova – Biblioteca Comunitária CNI – ao lado da Igreja Católica

Realização: Família Zona Norte

Parcerias: Cidade Nova Informa – ECO (estúdio comunitário)